quinta-feira, 26 de abril de 2012

Inspiração ?

Só para acabar este lindo 25 de Abril.

Sentei-me à janela a fumar o belo do cigarro, olhei para a frente enquanto me perdia naquilo que não distinguia de mar e céu, numa imensidão de chuva pelo meio - Toda eu, iluminada. Mas tanto que irradiei a sala!

 

A minha mãe não sabe que durante os anos de ausência dela, eu adormecia a ouvir Enya com os pés virados para a lareira, a chorar sem saber onde a minha vida ia parar. Hoje pôs isto, e veio-me dar um beijo na testa - De repente estamos tão tão bem (smile feliz)

(A sério mãe?!)


Beijinhos,
She versus Say

7 comentários:

  1. Não te conheço mas depois disto deito abaixo tudo o que fui capaz de julgar da tua pessoa.

    Supreendeste-me pela positivia :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pii :) Obrigada, e muito bem vinda ao cantinho.

      Eliminar
  2. Hum... (Pronuncio, enquanto cofio a barba, traje mandatório de psicanalista) Dirias então, que este Evento foi como que um sinal? Forgiven and forgotten? Ou detectarei um pouco de sarcasmo?
    Seja como for, opino eu: se a hora tiver chegado... Porque não enterrar um mau passado? Isto é, só no caso de te estar a coibir um futuro mais brilhante. Afinal, esquecermo-nos dos erros do passado é condenarmo-nos a repeti-los (foi Sun Tzu quem disse isto? Não sei, demasiado preguiçoso para Googlar.).
    E nem religioso sou, mas... Sinceramente, o perdão parece-me algo demasiado nobre para que seja formatado por crenças. O perdão, é divino sim. E enobrece quem o dá, muito mais do que quem o recebe. E ambos, saem da situação mais fortes.

    E perdoa (todas vocês, aí dentro!) qualquer tirada de minha parte, que venha a marcar este espaço pela negativa.

    Beijinhos, She. :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. (Tal observação sobre o psicanalista típico... Gargalhei)
      Em resposta... Faz tempo e tempo que está tudo perdoado - ou pelo menos eu quero acreditar que sim - mas enterrado não. Não me quero esquecer de nada, foram partes da minha vida que formaram a(s) pessoa(s) que hoje aqui escreve(m).
      Outra pequena observação: este blog não tem marcações negativas, a tua não o será com certeza :)

      Beijinhos, Robin :)

      Eliminar

Conta-me histórias tu também !